sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

O Evangelho líquido.....


Uma teologia que ignora a dor e o sofrimento e que esta faz parte da vida, inclusive da vida dos cristãos é uma teologia rasa. Pedro nos mostra que os aparentes paradoxos, ocorrem na vida cristão e muitas vezes são necessários,como elemento transitório que nos apresenta uma razão maior. 
Quando o cristão entende que a maior benção que ele poderia almejar já foi conquistada na Cruz, ou seja a redenção o ser humano com Deus através de Cristo, ele passaria entender que as demais bençãos são "Graça acessória" e que se Deus conceder é graça imerecida, assim como a salvação, então amém e se Deus não conceder, também como graça imerecida, amém. 
Quando olhamos boa parte da igreja na atualidade se rendendo ao canto da teologia da prosperidade, confissão positiva e outras aberrações teológicas, minimiza-se a mensagem da cruz, trocando o olhar para a eternidade pelo olhar ao materialismo presente. Troca-se a mensagem principal pela periférica, bençãos materiais para o cristão deveria ser acessório que pode ser dispensado não a roupagem principal da mensagem cristã. 
Este ufanismo cristão ignora o sofrer de Cristo, o sofrer dos discípulos quando pregavam a mensagem do Evangelho, ignoram o sofrer dos primeiros cristãos perseguidos pelo Império Romano, jogados aos leões na arena, mortos ao fio da espada e servindo como tochas para iluminar o jardim do imperador...
Os "pastores" deste Evangelho que propaga que todo o cristão tem de ter vitória total, olhando pelo prisma, e forma, da sociedade consumista e materialista, ofendem e desrespeitam todos estes cristãos que morreram e sofreram por Cristo, inclusive ignoram e desrespeitam o próprio Cristo, que morreu no madeiro junto com ladrões, esquecem que Jesus foi humilhado e envergonhado, surrado e até reclamou de não ter um local digno para descançar... Sua vitória não é pelos padrões deste mundo, o apóstolo já nos oriente "não vós conformeis com este mundo", isto é, não adquiram a forma deste mundo, e o que estamos fazendo quando se prega um evangelho materialista? Focado em obter dinheiro e bens materiais para o nosso deleite hedonista??? 
Que evangelho é esse que prega que na vida não tereis aflições??? que não devemos vencer o mundo ??? Mas aceitarmos e nos conformár-nos a este mundo???
Creio que Pedro atualmente escreveria uma carta muito mais contundente que a que escreveu naquele tempo.

Nenhum comentário: