sábado, 31 de julho de 2010

EUA libera testes com células embrionárias em pessoas.

A FDA (órgão que fiscaliza alimentos e medicamentos nos Estados Unidos, similar à Anvisa) liberou nesta sexta-feira (30) o primeiro teste no mundo em seres humanos de um tratamento médico derivado de células-tronco embrionárias, conforme site do jornal Folha de São Paulo

Sou contrário à utilização de células tronco embrionárias para a elaboração de novas terapias haja vista meu entendimento com relação ao início da vida. Por convicção entendo que a vida tem início no momento da fecundação e, desta forma, o pré embrião já é um representante da raça humana, que tem o caráter potencial de pessoa. Mas não é este o ponto que desejo escrever hoje, mas sim sobre a noticia sobre os testes em humanos com células tronco. 

A empresa Geron  que recebeu a autorização para seguir adiante com os testes, pretende fazê-lo com 10 pacientes paraplégico, que tenham sofrido o acidente causador da paralisia a menos de 15 dia ( de 7 a 14 para ser mais exato.), o presidente da empresa declarou que o teste deverá começar em um mês. 

Algumas questões que entendo devem ficar mais claras :

- Como será a seleção destes pacientes?  Além é claro da qualidade do quadro do paciente o que mais será levado em conta? Acredito que bem mais de 10 pessoas devem se colocar a disposição para estes testes. 

- Segundo a matéria da Folha a empresa teve que parar os testes ano passado pois forma encontrados cistos no organismo dos camundongos usados nas pesquisas preliminares. Havia uma margem de 3% a 4% de células utilizadas que poderiam ficar em estado indeterminado ( ou seja não se especializar em oligodendrócitos ) e desta forma gerar os cistos espinhais. Ao que parece a empresa afirmou haver conseguido melhorar seu procedimento de purificação, de forma que nenhuma célula errada escapasse. Porém aos pacientes que se colocarem a disposição deve se informar que há sim um risco, uma vez que estes seriam as primeiras pessoas a passarem por este experimento. 

- Outro fator é que não há garantias de que o paciente que passar pelo procedimento venha de fato a recuperar os movimentos, existe sim uma expectativa que isso ocorro baseado em testes de laboratório. Porém este experimento é apenas a fase 1, que avalia a segurança do método. Deve-se tomar cuidado para não gerar falsas expectativas com relação à aqueles que passaram pelos procedimentos e tampouco para a sociedade em geral. 

- Um ponto que chamou-me a atenção foi a afirmação da Bióloga e geneticista Mayana Zatz, de que há uma desvantagem em analisar pessoas que acabaram de se acidentar, uma vez que sua recuperação poderia ocorrer espontâneamente. Não poderia ocorrer uma "contaminação" dos resultados da pesquisa? Podemos ter certeza de que a recuperação ocorreu face a aplicação das células troncos ou se em alguns casos ocorreu uma recuperação natural? 

Sabemos que sempre se criou grandes expectativas com relação à utilização das células tronco embrionárias, em muitos casos chegou-se a depositar verdadeiros poderes milagrosos e muitas pessoas e organizações sem ética fizeram e ainda fazem promessas de cura de muitas doenças com a utilização destes métodos,  verdadeiros charlatães. 

Pessoas esperançosas gastam fortunas em busca destas promessas que de fato ainda são incipientes. Como já afirmei no início deste texto sou contra a utilização de células tronco embrionárias para tais pesquisas, ainda que possam apresentar a cura para muitas doenças, mas estes avanços na medicina implicam na destruição de embriões humanos, que entendo ser um ato criminoso, isto feito para que pessoas possam ter uma vida melhor, sim mas a custa de outros. A dignidade humana começa no momento da concepção, ou alguém que está lendo este texto gostaria de ter sido destruído enquanto era um embrião para que alguém, que pudesse pagara para isso pudesse voltar a andar?

terça-feira, 27 de julho de 2010

Só falta os sacrifícios....

A IURD está construindo uma réplica do templo de Salomão, se bem que acho que está mais para o templo de Herodes.... Bem tratando-se de uma seita logo, logo eles instituem os sacrifícios... ops já fazem ... só que o fiel invés de levar seu cordeiro, leva o dinheiro para ser "sacrificado"..... Lamentável... Já estava esquecendo, o custo da brincadeira : R$ 200.000.000,00 (Duzentos milhões - veja matéria no Estadão) claro que ele pretendem arrecadar muito mais com o investimento....Talvez estimulando aos seus fieis a participarem de romarias ao templo??? No mínimo uma vez ao ano para o Sacrifício Especial... Veja abaixo o projeto do templo....

segunda-feira, 26 de julho de 2010

A um passo de Matrix?

Em breve, computadores serão capazes de gerar hipóteses úteis sem ajuda dos humanos, diz estudo

Novas ferramentas devem entrar em cena na próxima década para conduzir experimentos mais complexos

23 de julho de 2010 | 13h 43
    SÃO PAULO - Há décadas, os computadores eletrônicos têm ajudado os cientistas
     a armazenar, processar e analisar dados. Mas, à medida que uma explosão de novos 
    conhecimentos tem mudado o panorama científico, a tecnologia também está ampliando 
    o poder dos computadores.
Nesse novo contexto, as máquinas passam da simples análise para a formulação de hipóteses, entrando em uma área até então exclusiva aos humanos. De acordo com um artigo publicado na edição desta sexta-feira, 23, da revista Science, em breve os computadores serão capazes de gerar hipóteses úteis sem ajuda dos humanos.
Segundo James Evans e Andrey Rzhetsky, da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, o fato é que os computadores estão se tornando cada vez menos dependentes de seus criadores.
“Com base em abordagens de inteligência artificial, programas de computadores estão se tornando cada vez mais capazes de integrar conhecimento publicado com dados experimentais, de buscar por padrões e relações lógicas e de permitir o surgimento de novas hipóteses com menos intervenção humana”, afirma a dupla.
Segundo os pesquisadores, novas e poderosas ferramentas computacionais entrarão em cena na próxima década para conduzir experimentos maiores e mais complexos, permitindo um grande avanço em áreas como física, química, biomedicina e ciências sociais.
“No passado, abordagens computacionais foram mais bem-sucedidas em sistemas pequenos e bem definidos do que em maiores, menos conhecidos e mais complexos. A explosão de dados de experimentos de alto desempenho, entretanto, tem apresentado sistemas muito complexos”, dizem Evans e Rzhetsky.
“Encarar esse volume de dados com questões tão grandes em escala e complexidade será crítico porque, como disse Mark Twain, ‘você não pode depender de seus olhos quando sua imaginação está fora de foco’”, destacam os autores. 
Fonte : Estadão

Posicionamento....

A Igreja Presbiteriana do Brasil na reunião do Supremo Concílio, tomou as seguintes decisões :

"O plenário rejeitou veementemente propostas para reatamento de relações com a PCUSA – conhecida Igreja americana aberta para ordenação de homossexuais – bem como de retornar à AMIR – Aliança Mundial de Igrejas Reformadas – também de viés liberal. Passou a considerar a Igreja Universal do Reino de Deus e a Igreja Mundial do Poder de Deus como seitas, determinando que pessoas oriundas destas organizações sejam recebidas mediante rebatismo e profissão de fé. Reiterou a incompatibilidade entre a maçonaria e a fé cristã reformada. Reiterou decisão anterior que considera como errado o proibir que mulheres orem nos cultos, proibir que as igrejas tenham corais e instrumentos musicais e proibir a celebração do Natal. A IPB rejeitou estas proibições." (grifo meu)


Fonte : Blog O Tempora! O Mores!

Parabéns à Igreja Presbiteriana pelo posicionamento.

terça-feira, 20 de julho de 2010

Seria isso o Cristianismo?

Hoje fui surpreendido por duas notícias oriundas do glamuroso mundo "Gospi".  Não sei se é ingenuidade, burrice, desorientação ou simplesmente puro aproveitamento, sou propenso a crer mais nesta ultima possibilidade. Sou sincero, já não aguento ver um povo que tenta seguir um cristianismo capenga que nem ser chamado de cristianismo deveria. Mas segue abaixo as duas "pérolas"

Hoje ao abrir meu email vejo a seguinte edificante mensagem :

Monumento da Maior Biblia do Mundo, cujo o texto abaixo reproduzido quase me levou 

às lágrimas:
Boa tarde.
Prezado pastor Roberto, venho através desta levar aos seus conhecimentos um novo projeto político do MONUMENTO DA MAIOR BIBLIA DO MUNDO.Tendo este como mentor o Candidato a Deputado Federal Irineu Ferreira Nº 2577.
Gostaríamos de comunicarmos com os amados sobre este e outros projetos que ele tem para o estado do Paraná.
Entre em contato com nosso líder, pastor João dos Anjos pelo tel: xxxxxx ou pelo E-mail: xxxx e vamos juntos eleger o servo de Deus para a realização desses projetos.
Aguardamos ansiosos sua resposta.Que Deus os abençoe.
Bem, imaginei o que deveria ser o tal monumento, mas, para não ser injusto fui procurar na internet e é claro que meus temores foram justificados conforme este BLOG. Agora vem a pergunta : PRA QUE????????

Um monumento à bíblia? vai me dizer que isso também não é bibliolatria?  E isto é um projeto!!!!!!! e deve ser o melhor projeto desse candidato a Deputado Federal.... O dinheiro do Estado não deveria ser gasto para dar bem estar para a população? Sr. Candidato, sou cristão protestante e meu voto o Sr. não vai ter. Que alguma igreja queira construir um monumento para  a bíblia que seja, vai usar o dinheiro dos fieis,  mas com dinheiro público NÃO!

Um monumento maior ao cristianismo fez Madre Teresa de Calcutá e com certeza deve ter gasto menos do que se pretende gastar com esse pretenso monumento. PELO AMOR DE DEUS !!!! Onde vamos parar??? o pior que muitos devem votar nesse candidato....

ACHO QUE EU DE FATO NÃO SEI MAIS O QUE É O CRISTIANISMO.

A outra notícia que tive contato veio do site do Púlpito Cristão como já disse outras vezes o coronelismo saiu  do interior e se instalou nas igrejas, onde o gado dócil segue sem reclamar para o abatedouro...  Segue vídeo:



Vale lembrar : Usar a igreja para propaganda eleitoral é crime, segundo a Lei 9.504/97 e de acordo com o artigo 13 da resolução 22.718/2008, do Tribunal Superior Eleitoral, ficando proibida toda e qualquer propaganda eleitoral dentro de templos religiosos.

terça-feira, 6 de julho de 2010

Nova lei do aborto entra em vigor e causa polêmica na Espanha




DA EFE, EM MADRI

A nova Lei do Aborto, que permite às jovens maiores de 16 anos interromperem a gravidez até a 14ª semana de gestação sem informar seus pais, entrou em vigor na Espanha nesta segunda-feira em meio à uma grande polêmica.
Interromper a gravidez voluntariamente deixará de ser um crime sem pena para se transformar em um direito, quando se completam 25 anos da aprovação da primeira norma, de 1985, que permitiu que 1,3 milhão de mulheres abortassem na Espanha.
A nova lei, que gerou forte oposição dos setores conservadores e da Igreja Católica, estabelece o aborto livre até a 14ª semana, e até a 22ª em caso de risco da vida, da saúde mulher ou de graves anomalias no feto sempre que, neste último caso, haja um parecer emitido por dois médicos especialistas diferentes aos que praticam a intervenção.
O conservador Partido Popular (PP, principal força da oposição) e o governo da região de Navarra (norte espanhol) pediram perante o Tribunal Constitucional a suspensão cautelar de oito de seus artigos por entender que o "aborto livre" é contrário ao direito à vida, garantido pelo artigo 15 da Carta Magna.
Além disso, associações de médicos e incapacitados apresentaram hoje um recurso de amparo perante o TC, com o argumento de que a nova legislação estabelece uma diferença "juridicamente insustentável" sobre o que é um feto saudável e outro doente, cuja vida pode ser encerrada no seio materno.
Idade
O ponto mais polêmico da lei é situar a maioridade para abortar nos 16 anos, e que as jovens não tenham que informar seus pais caso aleguem que podem ser coagidas ou sofrer violência familiar.
Conhecida essa situação, será o médico de uma clínica privada --só 3% dos abortos na Espanha são praticados nos hospitais públicos-- que decidirá atuar sem contar com os pais, apoiado --se quiser-- por um psicólogo ou um assistente social.
Se as adolescentes considerarem viável informar seus tutores legais, terão que ir acompanhadas ao centro por um deles.
O presidente da Organização Médica Colegial (OMC), Juan José Rodríguez Sendín, declarou hoje que, embora o médico seja o "melhor posicionado na sociedade" para saber se uma adolescente deve ou não abortar, dar-lhe essa responsabilidade é "pedir demais".

_____________________________________________________

Os abortistas estão ganhando cada vez mais espaço.... Faz-se cada vez mais necessário um amplo debate sobre a questão do aborto. No Brasil logo teremos sugestões como estas para a legalização do aborto.  Urge um debate sério sobre o assunto detalhando todas as conseqüências futuras possíveis.