sábado, 20 de outubro de 2012

Mais que palavras para falar de Cristo.

Voltei para casa ontem do hospital onde tirei uma "pequena" rocha dos rins e tive uma boa surpresa : recebi alguns lançamentos da Editora Hagnos. Como vou ficar de molho alguns dias aproveitei para  começar a lê-los de pronto. Segue abaixo a descrição dos livros e minhas primeiras impressões. A medida que for lendo vou postando maiores informações. 


Movimento neopentecostal brasileiro

Autor : David Allen Bledsoe 
200 pg.

David é missionário norte americano, com vasto curriculum acadêmico (detalhes Aqui) , com grande experiência no campo missional. 
A proposta do livro que ele escreve é fazer uma análise do movimento neopentecostal brasileiro, analisando especificamente com maior profundidade a IURD, para responder uma questão importantíssima : 

Esta denominação, como uma das representantes do neopentecostalismo no Brasil, facilita a evangelização da sociedade ? Achei o tema fantástico, não raro a questão sobre como encarar este movimento esbarra na falta de avaliações, principalmente de caráter teológico, como bem é citado na pg 15 :

" Dificilmente se encontra uma análise teológica desse movimento realizada por um estudioso brasileiro e nenhuma oferece avaliações missiológicas." 

Este parece ser um trabalho fundamental para o entendimento deste movimento e para a avaliação fundamentada teologicamente com relação a sua contribuição à evangelização. 

Mais detalhes sobre este livro AQUI

Encarnação

Autor : Alister McGrath

Outro material de excelente qualidade são os três volumes da série A verdade e o imaginário cristão (no total são 5 volumes: CriaçãoEncarnaçãoRedenção,Ressurreição e A visão cristã de Deus), escritos por Alister McGrath. O título deste post foi tirado da primeira impressão que tive ao ler o volume Encarnação. 

O resumo que posso fazer deste livro é : Magnifico!. A começar pela qualidade da publicação, material e gráfica, fechando com os textos escritos de forma fácil, porém elaborada. O livro passou-me a impressão viva de que para falar de Cristo é necessário mais que palavras, Alister, combina de forma magnifica teologia (conceitos profundos)  e arte para descrever, e tentar abranger pelo menos um pouco do grande mistério da encarnação, não é um livro de apenas uma leitura, mas de revisitas, há vários aspectos a serem captados nele.

 Indico para quem quer se aprofundar nos Evangelhos e na cosmovisão cristã e também na arte sacra, que nos proporciona tanta beleza e verdades, porém é pouco valorizada por nós cristãos protestantes. 

Mais detalhes sobre o livro AQUI

No decorrer da semana coloco mais informações e avaliações. 

Nenhum comentário: