quinta-feira, 30 de abril de 2015

Nota de repúdio ao Governo do Estado do Paraná.


Sou professor, ou melhor continuo tentando ser professor. Larguei meu trabalho no setor bancário (no qual estava a mais de 20 anos) para me dedicar a um chamado e vocação, iniciei o mestrado e a duras penas estou chegando ao final do mesmo e tentando me estabelecer na academia. 

Mas independente deste deste histórico, não poderia me calar frente ao que aconteceu na Assembléia Legislativa ontem dia 29/04. A educação é um dos pilares da sociedade, é ela que possibilita que um povo possa ser civilizado, que tenha noções de seus direitos e deveres e que o indivíduo possa conquistar sua autonomia através do que eu chamo de educação reflexiva, isto é, uma educação que sejam mais do que uma simples formação técnica, mas que seja uma formação ética para uma sociedade mais justa. 




Por isso ser professor é coisa séria, e a educação deveria ser levada com seriedade, em países com alto padrão ético/cultural isto acontece.

A ação impetrada ontem pelo Governo do Paraná é inadmissível, não podemos encarar que uma manifestação pública fosse tratada da forma violenta que foi e muito menos tratando-se daqueles que são responsáveis pela educação. 

O Sr. Governador sabia do risco político que estava correndo ao se encastelar ( sim, é esta a imagem que me vem a cabeça, um senhor feudal encastelado, com sua guarda pessoal...), mas assumiu este risco, talvez porque o problema em que ele colocou o estado do Paraná seja um risco ainda maior... 

Esperamos que manifestações populares e de órgãos representativos da sociedade se posicionem e demonstrem o repúdio ao Governador Beto Richa.  

Ass. Roberto Rohregger

Nenhum comentário: