sexta-feira, 6 de novembro de 2015

A barragem em Minas e a responsabilidade



É preciso neste primeiro momento tentar minimizar (se for possível) todos os impactos desta tragédia, e em seguida apurar e punir de forma exemplar a empresa responsável. Uma ética da responsabilidade tem de ser sustentada por um arcabouço jurídico que de fato responsabilize duramente aqueles que agiram de forma imprudente e irresponsável. E não somente a empresa e seus acionistas devem ser responsabilizados mas também as autoridades que deveriam fiscalizar a manutenção e segurança da barragem. As verdadeiras vítimas desta irresponsabilidade estão soterradas ou com suas vidas irremediavelmente abaladas.

Nenhum comentário: