terça-feira, 31 de maio de 2011

Sobre moinhos e monstros.....

As vezes, não raras, sinto-me como Dom Quixote, que parte para lutas que parecem serem somente minhas, contra moinhos em forma de monstros. Muitas vezes paro e penso se estou no caminho certo.... até algum tempo atrás achava que sabia quais eram os caminhos e como trilha-los. Hoje já não tenho tanta certeza, uma das bençãos(?) da maturidade é a perda das certezas.

Sempre tive medo do momento da vida que paramos e olhamos para trás, esta é a verdadeira encruzilhada.

Tenho uma inveja santa daqueles que não enxergam os tons cinzas, dos donos das verdades. É claro que não produzem um mundo melhor, mas parecem serem mais felizes.....

É hoje o dia não foi bom.....

Nenhum comentário: