domingo, 23 de janeiro de 2011

Avaliações : Tendências do Cristianismo pós-moderno.

Série Avaliações.

TENDÊNCIAS DO CRISTIANISMO PÓS-MODERNO.

Pr. Roberto Rohregger

Conforme havia comentado no post sobre o assunto em epígrafe, vou tecer alguns comentários sobre os seis pontos identificados sobre o cristianismo que vivemos nestes tempos, principalmente pelo ponto de vista do cristianismo que floresce em terras tupiniquins... .

1. A Igreja Cristã está se tornando menos alfabetizada teologicamente.

Isto é uma verdade incontestável. Vivemos em um país de baixo índice de escolaridade, o analfabetismo funcional é gritante. E ainda contamos com uma grande maioria de pastores leigos que não tiveram o preparo para o trato com a Palavra, isto falando apenas dos bem intencionados. Presa fácil é o povo para os lobos de plantão. Porém o mais lamentável e problemático é que grandes denominações, tradicionais, sejam Igrejas históricas ou pentecostais, estão baixando o nível do ensino nas igrejas. A grande maioria do povo que se chama "evangélico" pouco sabe sobre as Escrituras, e da história da Igreja então nem se fala.... Lutero é uma figura desconhecida por boa parte dos "protestantes". Quantos conhecem as doutrinas da sua denominação? Quantos são capazes de as avaliar perante a Bíblia? São poucos os que desejam se aprofundar nas Escrituras, e o mais terrível que vemos este mesmo problema nos seminários. Os alunos chegam muitas vezes com pouca base e esperam uma EBD mais reforçada no seminário. 

2. Os cristãos estão se tornando mais isolados dos não-cristãos.

Muitas igrejas se tornaram um grande clube fechado.... Em parte isso é culpa da própria teologia que é aplicada na igreja. A ênfase na santidade é tão grande que falar com alguém "do mundo" pode ser perigoso. Os jovens são mantidos em um mundo fechado e seguro dentro das quatro paredes da igreja, para não serem "contaminados", mas apesar disso tudo, de toda essa segurança, o que vemos são meras adaptações do que existe no mundo para dentro da igreja... Aliada a essa "cópia" criamos crentes alienados dos problemas da sociedade, imaturos e irrelevantes uma vez que todo o circulo de amizades se dá dentro dos muros eclesiásticos.... desta forma o sal esta insosso e a luz já não brilha.... Uma vez ouvi de um seminarista do ultimo ano dizer que era necessário ensinar aos jovens da igreja a novamente se inserirem no "mundo". E necessitamos sim estar presentes no convívio da sociedade de forma a apresentar as Boas Novas. 

CONTINUA NO PRÓXIMO POST.

Nenhum comentário: