sábado, 24 de setembro de 2011

"Lendo" Caravaggio

Em uma manhã de sábado em que não estou com a mínima vontade de seguir meus compromissos (estudar e fazer as atividades do módulo da pós, por exemplo) , resolvi flanar levemente ouvindo música e aleatoriamente pequei um livro da minha estante de obras sobre arte, e o acaso me brindou com o volume da coleção da Folha "Grandes Mestres da Pintura" sobre Caravaggio. 


Homem fruto de sua época, de grandes confrontos religiosos (a contra-reforma estava a todo vapor) Caravaggio teve a coragem de impor sua obra, mesmo a contra gosto de alguns religioso que viam em suas pinturas uma mundanização do sagrado. 

Ao observarmos com mais detalhes algumas de suas obras, vemos um olhar profundo sobre o ser humano, uma vivência entre aqueles em que a deusa fortuna não se fez presente, o traço marcante dos retratos que Caravaggio compôs em muitos casos a essência contrastante do ser humano, o indivíduo entre o humano e o divino. Não há como olhar seus quadros de forma insensível, Caravaggio consegue fazer com que haja uma transferência do sentimento representado no quadro para o observador, e isto vai além da estética. 

Para quem deseja conhecer um pouco mais sobre este grande mestre da pintura : 


Nenhum comentário: